Imprimir

03/2012 - Palavra do Padre

Escrito por Pe. João Evangelista dos Santos on .

AMADOS E AMADAS DE DEUS,

A Campanha da Fraternidade deste ano vem nos alertando para a realidade que nós somos responsáveis pela transformação da saúde pública de nossa nação.

Pensar em saúde pública não pode ser apenas lembrar das grandes filas dos postos de saúde e hospitais, da falta de conforto, leitos e transportes adequados e no tempo mais apto para uma cura mais rápida. Não pode ser somente também uma lembrança da falta de profissionais, na incompetência de tantos ou no trabalho acumulado de alguns, o que acaba gerando tanto estresse, atendimento frio e mal estar entre os profissionais da saúde e os pacientes. É necessário que saibamos que se cuidarmos de nossa vida física, psíquica e intelectiva constantemente e adequadamente estaremos dando a nossa contribuição para que o sistema funcione um pouco melhor.

É missão do cidadão consciente lutar pelos seus direitos. Isso implica cobrar das autoridades competentes o investimento justo na área da saúde, não somente no tratamento das doenças, mas também no trabalho preventivo, no combate às diversas formas de doenças contagiosas, às drogas entre tantos outros. Cuidar da saúde é também velar para que tenhamos ruas limpas, rios despoluídos, ar mais leve e puro, esgoto tratado, água de qualidade para beber além de uma alimentação sadia.

Quantas vezes perdemos a oportunidade de termos uma boa saúde porque deixamos de lado o alimento natural e optamos pelo artificial. Ninguém fala que uma Coca-cola é ruim, mas está muito longe de trazer para a nossa vida o que um belo suco natural traz. Um hambúrguer pode ser gostoso, mas os seus benefícios não chegam perto dos trazidos pelas verduras e legumes de nossas hortas. A nossa gente deixa de lado as frutas e se enchem de açúcares refinados, de gorduras e conservas. Sem falar nas drogas diversas que têm tirado a paz de nosso povo.

Cuidar da higiene pessoal é também cuidar da saúde. Lavar as mãos constantemente, sobretudo ao sair de banheiros, de carros, trens, ônibus e aviões, ao sair do trabalho, ou quando se pensa em fazer uma alimentação qualquer ajuda a evitar um tanto de males. Tomar banho constantemente, tomar água filtrada, lavar bem os alimentos, manter a casa limpa, assim como as unhas e os cabelos também faz muita diferença. Escovar os dentes e beber muita água ajuda a evitar muitos males.

Se fizermos a nossa parte estaremos contribuindo bastante para que a nossa saúde seja boa. Precisamos cuidar da saúde, não apenas tratar das doenças.

Grande abraço a todos.

Pe. João Evangelista dos Santos